O centro do Rio aos tragos

O centro do Rio é incrível. Não sei se tudo se torna interessante por conta da enorme concentração de gente, ou se interessante é o predicativo comum para os que perambulam por aquelas bandas. Hoje enquanto perambulava me chamou atenção o fumo.

Certa vez ouvi de um ex fumante que nos dias chuvosos dá uma vontade danada de fumar. Enfim, hoje, um dia frio e chuvoso, muitos foram os que vi fumando, e fumando muito. Alguns fumam parados e outros caminhando. Uns calados e outros falando. Uns absortos e outros observando. E o mais prosaico foi me deparar com um cadeirante fumando.

Sem ascender qualquer polêmica, haja fôlego para relativizar o vício alheio.

Comentários

Natty disse…
Enquanto qualificamos muitas coisas como "mau necessário", é de se afirmar que o fumo é um "bem desnecessário". Bom, um bem para o sistema nervoso, um bem assassino para os pulmões e um bem nojento para o estômago.

Enfim... no final das contas é tudo BEM destrutivo.
Em minhas andanças pelo rio não consegui ir além da sensação de extremo calor. Portanto, ainda pretendo ir em algum inverno, quem sabe assim as pessoas e sua cultura não sejam apreendidas pelo meu olhar.

Postagens mais visitadas deste blog

Tirania, autoritarismo ou despotismo

Assisti Clube da Luta, Vinicius