Música para pairar

Já que o meu "eu" resolveu falar, não vou calar. Enfim, o que tenho pra partilhar hoje é uma música. É incrível como os sons se instalam em nossas memórias. Essa música do Belle and Sebastian eu baixei nos idos de 2005/2006, época em que MP3 player era uma traquitana cara. Enfim, MP3 como companheiro e lá fui para Portugal, fugindo de mim.

Mudei o eixo, mas a vida prosseguia. Várias convulsões acontecendo e essa música de background. Eu caminhava a tarde, sob o sol fraco e a inclemência de um vento frio cortante, pela orla da praia de São Sebastião, na Ericeira. A música se repetia e dava ritmo para as minhas passadas e inspiração para meus pensamentos.

Hoje ouço a música e refaço os caminhos. Tenho a sorte de conseguir me reinventar. E quero sempre mais...

Fora qualquer coisa, a música é muito bacana, meiga, sei lá. O que você acha?

Comentários

Natty disse…
Pitty, não precisa te conhecer bem pra ver que o seu gosto musical é requintado. Só de olhar pra você, dá pra deduzir: Essa menina gosta desde a MPB até Belle and Sebastian.
E mais: o que seria de nós se o MP3não tivesse se tornado algo popular. Estaríamos até hoje dependendo de fitas TAPE.

Mas então, depois passa lá no meu blog. Deixei uma postagem interessante sobre Umbanda e Candomblé. Fui a Bahia e aprendi bastante coisa.

Bem, então é isso. Um super beijo e parabéns pelo posth.
Beijos
Ao longo da trajetória há coisas que vãos e grudando a mim: Sons; cheiros; palavras. E assim, as sensações ainda ficam. Gosto de quando sou capza de enfrentá-las. Melhor ainda quando lembram um momento que foi bacana.
Cames disse…
Sempre que quero fugir lembro do que minha mãe me diz: 'Você pode ir mas quando voltar seus problemas continuarão aqui'. Posso não voltar?! :)
Maniac@ disse…
às vezes eu sinto que a música é a única coisa na minha vida que faz sentido. Se você conhecer a minha história vai entender bem porque digo isso rs. Ótimo post. Fica bem!

Postagens mais visitadas deste blog

Terra Selvagem

Tirania, autoritarismo ou despotismo