Podia acordar feliz (parodiando Cazuza)

Hoje acordei com o humor ruim, meio mastigada. Calma, podem prosseguir na leitura pois não irei descrever passo-a-passo o meu cotidiano. Já passei da idade! Mas enfim, o humor tá na sola do pé.

Tenho duas causas possíveis para o humor desagradável.O tombo que levei ontem a noite, ou os pesadelos que embalaram meu sono. Talvez até a combinação dos dois seja a causa mais provável.

Noite calma, todos em casa exceto minha mãe. Quando minha mãe mexe na maçaneta da porta eu avanço pela sala num salto para assustá-la. Meu pé agarra no pé do sofá, meu corpo girou numa semi pirueta, fui lançada contra a parede, não consegui apoio e fui direto ao chão. Imagina isso no apertamento em que eu moro. É um apertamento de primeira. De primeira porque se jogar a segunda vaza pela janela! Não é fácil arrumar 1,60m para poder lançar meu corpo ao chão. Eu arrumei! E se minha intenção era a de assustar minha mãe eu consegui. Aliás, não só ela. Assustei minhas irmãs, meu pai e até meu cunhado. O tombo foi o ohhh, mas ninguém conseguiu rir. Ainda mais porque tem uma semana que tirei uma bota imobilizadora do pé torcido. Acharam logo que era a revanche do pé.

Agora falando dos sonhos, nossa, como eles influenciam nosso humor. Quando sonho que to namorando, beijando, abraçando, pegando, ou os complementos dignos desses atos, acordo rindo à toa. E rindo mais ainda quando tudo se passa nos conformes, quando a situação foi boa, tudo bonito, o dia há de ser bom.

O mesmo não ocorre quando sonho que estou trabalhando, sendo cobrada, xingada, fracassada, contrariada. Quando no sonho brotam pessoas que em oração sempre pedimos pra não mais encontrarmos na vida (ocorre bastante com os ex e seus amigos), acordamos com o mesmo desgosto que tínhamos no pesadelo. Quando saímos do sono para o acordar, tudo tem ar de continuidade.

Enfim, o fato é que quando o dia está bom nem queremos dormir. E quando o sonho ta bom não dá vontade de acordar. Só que meu sonho era ruim, e acordei no efeito. Mesmo não lembrando exatamente o que sonhei, tenho certeza que era algo que me contrariava. Contrariada ou não, me inspirou escrever essas confusas linhas.

Então, qual seu melhor sonho e pior pesadelo que influenciam seu acordar?

Comentários

Oi Pitty, espero que esteja tudo bem, apesar do seu humor em baixa!!! :) Valeu pela passada no blog, adorei os coments.

JASON: pensei a mesma coisa ontem, como é possível ele alcançar sua vítima, andando naquele passo enquanto o futuro defunto corre léguas... eu heim, mas adoro, quando criança morria de medo, hoje morro de rir.

TRAVESSEIRO: quem não queria um daquele né. hehehe

BEIJOSSS BOM FIM DE SEMANA.
Dama de Cinzas disse…
Eu tenho todo os tipos de sonhos que alguém possa imaginar. Até sonhar que tinha casado com uma amiga do trabalho e que ela tava grávida do ex-marido, eu sonhei! Olha que coisa louca se nem atração por mulheres eu sinto!! ahahah

Mas tive um sonho com meu namorado que influenciou meus últimos dias, fiquei insegura, e esse prefiro não comentar... ahaha

Beijos
Nathália disse…
Desculpa, mas eu imaginei a cena do tombo e ri bastante.

Bem, quanto aos sonhos, os que fazem acordar feliz são aqueles que tem as pessoas de quem gosto ou quando acontece algo que me agrada.
Os que me fazem acordar meio "afetada" são quase sempre os que estou muito sozinha, ou então onde aparecem certas assombrações.
Fico o dia todo meio pra baixo.

Beijo!
Ah, eu só tenho pesadelos... E não é qqer um não... É daqueles terríveis, mas já até acostumei pq tenho só pesadelos há anos... Até me divirto com como eles podem ser absurdos de vez em qdo..hehe...

Bjus!!
Tell Aragão disse…
eu adoro sonhar...
os sonhos me falam muita coisa...
coisas importantes para minha vida, para decisões...
agora,alguns sonhos são ruins mesmo...
e fico com essa sensação que você descreveu, o dia inteiro...
ontem, tive um sonho assim...
ainda estou "digerindo"
bjs
Passa lá no meu blog, tem post novo!=)

Bjus!!
Ah, eu tb detesto qdo os comentários q eu faço (geralmente aqueles mais legais e imensos) simplesmente "perdem-se"... Mas fazer oq...

Bjus!!!
Patrícia disse…
Meu namorado costuma me dizer que sonhos são duas coisas: medo ou vontade. Não sei, mas sempre que lembro de algo que sonhei procuro encaixar nessa definição.

Postagens mais visitadas deste blog

Terra Selvagem

Tirania, autoritarismo ou despotismo